Home / Estilo de Vida / Atletas de surfe e skate comentam sobre participação inédita nas Olimpíadas: ‘Mostrar o que é o esporte para além das medalhas’ – Esportes

Atletas de surfe e skate comentam sobre participação inédita nas Olimpíadas: ‘Mostrar o que é o esporte para além das medalhas’ – Esportes

Nesta quinta-feira, os atletas de surfe e skate que representa o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2020 concederam entrevista coletiva organizada pela Oi, patrocinadora solene das modalidades. Gabriel Medina, Ítalo Ferreira, Pedro Barros e Letícia Bufoni falaram sobre as expectativas sobre o evento e da valimento de promover os valores dos esportes, que consideram o estilo de vida, além da vontade de ocupar medalhas para a delegação brasileira. É a primeira vez que os Jogos Olímpicos precisam competições de esportes radicais.

Gabriel Medina, bicampeão mundial de surf eda ASP World Tour, em 2014 e 2018, comentou sobre a qualidade dos brasileiros em campeonatos mundiais e a capacidade de superar as adversidades para simbolizar o país.

– As expectativas são grandes. A gente tem atletas excelentes e tem isso pelo volta mundial. Nossas últimas performances tem chamado atenção no Brasil e fora dele. O que mais falam dos nossos esportes são sobre nós, e estou feliz de estar nessa história. Mesmo com as dificuldades, conseguimos colocar tudo nas ondas ou nas pistas. Com certeza vai dar Brasil.

Pedro Barros quer promover valores do skate (Imagem: Divulgação / Oi)

Hexacampeão mundial de skate nos X Games, Pedro Barros espera que as Olimpíadas sejam uma plataforma de divulgação dos esportes e principalmente dos valores que os integram.

– Tudo que tá acontecendo é uma loucura, para o meu mundo principalmente, imagino que também seja assim para o surfe. Espero que com a nossa participação, e essa plataforma de exposição que são as Olimpíadas, a gente vai passar um pouco mais dos valores desse estilo de vida, da união, dor, parceria, paixão e amizade; alguma coisa que nunca se perdeu no skate, nem no dia a dia, nem na competição. Espero que seja essa mensagem que a gente deixe nas ondas e nas pistas.

Letícia Bufoni, skatista pentacampeã mundial nos X Games, revelou estar concentrada em se divertir e promover o skate para além dos resultados.

– O que todo mundo fala é que os experientes tem mais chances, eu acho o contrário. Quanto mais experiente, mais velha e mais títulos, mais pressão. Nesses últimos 3 anos, venho sofrendo uma pressão justamente por isso, todo mundo quer me ver vencer. Estou trabalhando muito isso na minha cabeça. Vou tentar só me divertir e mostrar que o skate não é só um esporte, mas um estilo de vida. Acho que é importante mostrar o que é o esporte para além das medalhas.

O surfista Ítalo Ferreira, vencedor mundial do WSL 2019, um maior competição de surfe do mundo, falou sobre a vontade de vencer e a valimento de simbolizar o Brasil pela primeira vez nas Olimpíadas.

– Sem incerteza existe esse libido de medalha, porque estamos mostrando nosso talento e nossa potência. Esperamos fazer boas performances para simbolizar nossa bandeira, nossa pátria, que vai estar pela primeira vez acompanhando e temos muito orgulho de estar fazendo secção dessa história.

A Oi lançamentos – peça pública com os atletas olímpicos patrocinados, que veicularão na TV e meios digitais, uma vez que forma de promover os princípios do surfe e skate e propalar uma participação nos Jogos Olímpicos.

* Estagiária sob supervisão de Jonas Moura

Inspirado no Post: Se Quiser Ver o Original

Check Also

Aumento da obesidade também está relacionado a crises de

Uma pesquisa fazer IBGE (Instituto Brasílico de Geografia e Estatística), constatou que murado de 96 …