Home / Alimentação Nutrição e Receitas / Com equipe reduzida, setor de Nutrição do Himaba pede socorro

Com equipe reduzida, setor de Nutrição do Himaba pede socorro

É urgente a aprovação do quadro de funcionários do setor de Nutrição do Hospital Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha. O apelo é feito por um conjunto de servidores que protocolou denúncia em diversos órgãos estaduais e municipais, uma vez que o Ministério Público Federalista (MPF), Tribunal de Contas (TCE), Vigilância Sanitária de Vila Velha, Ouvidoria da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) ) e Sindicato dos Trabalhadores da Saúde do Espírito Santo (Sindsaúde-ES).

“Estamos desesperados pelo que o nosso setor vem sofrendo com a gestão da empresa Acqua”, enuncia a denúncia, referindo-se à atual Organização Social de Saúde (OSS) que administra o Himaba, em seguida uma mediação de urgência feita em fevereiro pela Sesa , devido a diversas irregularidades verificadas na gestão da OSS anterior, do Instituto Gnosis. A situação levou o secretário Nésio Fernandes a declarar ser necessário “uma maior responsabilização individual dos gestores de OSSs”.

A denúncia cita uma das diretoras da Acqua, Robenilda Dalfor Gonçalves Bertolane, e a coordenadora da equipe multidisciplinar, Ilma Rocha, uma vez que responsáveis ​​por levar a cabo a postura da OSS de se recusar a contratar os nutricionistas ligados, com que alguns dos que ainda estão fazendo na ativa sejam desviados de função e atuem uma vez que lactaristas.

Segundo o documento, a equipe da Nutrição contava com 20 pessoas e hoje tem treze. “Não temos mais nutricionistas à noite no setor, unicamente dois técnicos em nutrição que estão em meandro de função, lavando mamadeira, copinhos e chucas sem EPI’s [Equipamentos de Proteção Individual], fugindo totalmente da função que podem aprender “, lição.
Dos vinte originais, uma era diarista e atuava uma vez que coordenadora para o Serviço de Nutrição e Dietética (SND); quatro nutricionistas na clínica do hospital, sendo duas em cada plantão ao dia; dois técnicos em nutrição à noite; quatro nutricionistas no processo de produção no lactário, sendo um em cada plantão, dois de dia e dois à noite; e nove lactaristas, incluindo dois na produção e um no expurgo fazendo saneamento.
As treze restantes se distribuem em: dois nutricionistas plantonistas para o Serviço de Nutrição e Dietética, sendo que uma desemprenha três funções, de fiscal de contrato da empresa da cozinha, de nutricionista líder do SND e lactário e de atendimento ao paciente; dois técnicos à noite; três nutricionistas no lactário, sendo dois ao dia e um à noite; e seis lactaristas, com dois na produção e nenhuma no expurgo fazendo saneamento dos elementos sujos, função que é feita por nutricionistas e técnicos do setor.
O texto destaca ainda a já anunciada saída de mais uma pessoa da equipe a partir do dia 16, visto que o Acqua não permite mais um conciliação que havia dentro do hospital, permitindo que funcionários que possuem dois empregos pudessem chegar no Himaba meia hora depois, saindo também meia hora depois do horário solene.
Aos órgãos, a denúncia pede por uma novidade mediação dos órgãos competentes, “para que haja a ação e correção necessária, porque do jeito que estamos (sucateados), não dá”, clamam os denunciantes, ressaltando “três relatórios de dietas feitas cá no lactário que deram contaminação por coliformes fecais, pelo vestuário de não termos mão de obra para dar perenidade ao serviço com superioridade “.
“Estamos com terror”, suplicam, “pois já obteve surtos de NEC (entereocolite necrosante) e foi triste o que aconteceu”, alertam, ainda ecoando o traumatismo transmitido pela morte de quase 30 bebês num período subalterno a três meses no final de 2017, vestuário noticiado com exclusividade por Século Quotidiano e repercutido nacionalmente. “Pedimos Pelo paixão de Deus que esse caso seja revisto com a direção do hospital, isso é um violação e uma falta de saudação com os profissionais”, suplica.

Inspirado no Post: Se Quiser Ver o Original

Check Also

Tamanho do mercado Ácidos orgânicos em Nutrição Bicho 2021 por participantes globais, atualizações do setor, prolongamento porvir, perspectivas de negócios, desenvolvimentos futuros e investimentos futuros desempenho para 2026

O relatório Ácidos Ácidos em Nutrição Bicho Market também cobre dados de segmento, incluindo: segmento …