Home / Estilo de Vida / Origem, significado e principais influências do estilo

Origem, significado e principais influências do estilo

A vocábulo hipster surgiu na língua inglesa para descrever um grupo específico de pessoas dotado de um estilo próprio. Padrão, esse estilo é marcado por tendências adotadas em ambientes alternativos.

Sua origem não é adjetivo hip, com sentido de alguém descolado ou inovador. Na dezena de 40, era geral se referir a jovens brancos e ricos que gostavam de imitar o estilo de negros do cenário do jazz com a vocábulo.

A partir de invenção dos anos 90 e 2000, logo, a vocábulo hipster começou a ser utilizada para todos os jovens adultos – geralmente de classe média – com interesse em culturas alternativas. Entre essas culturas, por exemplo, estão tendências de música, filmes e tendência fora do mainstream.

Origem

Hipster - origem, significado e principais influências do estilo
OnMilwaukee

Mesmo dentro da língua inglesa, a vocábulo surgiu porquê um neologismo. Isso porque ela promiscuidade o adjetivo hip com o sufixo -ster, associado a qualquer tipo de pertencimento. No caso de gangster, por exemplo, o termo é utilizado para indicar que alguma pessoa pertence a uma ganga.

Por culpa disso, não existe uma tradução apropriada para hipster, em português.

Quando o termo surgiu, para falar dos jovens brancos antenados na cultura negra, considerada selecção, já carregava alguns sentidos diferentes. A princípio, uma chamada cultura hipster foi adotada por admiradores do jazz, mas logo passou a englobar qualquer pessoa que expressava sua consciência social a partir do estilo.

Dessa maneira, além do estilo músico de preferência, os hipsters também se dedicavam a transparecer a personalidade por meio de roupas ou participação em movimentos sociais, por exemplo.

Influências descoladas

Hipster - origem, significado e principais influências do estilo
Utopia mais selvagem

A partir da dezena de 90, o termo voltou a lucrar força. Apesar de manter secção do significado de origem, no entanto, novos sentidos também surgiram.

Isso porque agora as influências agora não vinham mais do jazz dos anos 40. Ao contrário disso, uma cultura hipster englobava jovens interessados ​​por conceitos vindos do punk, beat, hippie e grunge, para a cultura de volume.

Todos esses estilos surgiram no período pós-guerra, porquê movimentos artísticos e culturais marginais. Ou seja, porquê foram desenvolvidos às margens dos padrões, conhecidos marcados porquê alternativos e independentes.

Na literatura pós-guerra, por exemplo, autores porquê Jack Kerouac e Normal Mailer definiam os hipsters porquê pessoas de vida boêmia. Eles encaravam o grupo porquê sem compromisso, vivendo sem muito objetivo.

Estereótipo hipster

Hipster - origem, significado e principais influências do estilo
Milenar

O estilo hipster geralmente está associado a uma tendência extravagante que mistura acessórios modernos com referências antigas. Por culpa disso, é geral que o grupo faça compras em brechós, um termo de garimpar peças que podem dar o ar retrô para o visual. Entre os principais acessórios costumam estar óculos de estilos antigos ou básicos fedora, por exemplo.

As preferências de consumo cultural também podem estar fora do mainstream da cultura pop. É geral que os artistas de preferência hipster, seja no cinema ou na música, venham de cenários independentes e alternativos.

Já no comportamento, é geral encontrar padrões que lembrem um estilo de vida mais sustentável. Preocupações com o meio envolvente, ecologia, vegetarianismo e veganismo são alguns dos temas sociais recorrentes na cultura.

Esse conjunto de referências por vezes pode trazer uma conotação pejorativa para o termo. Para muita gente, ser hipster pode valer querer ser dissemelhante demais, de uma forma encarada porquê brega, forçada e não-autêntica.

Fontes: Significados, Léxico Popular, Ferricelli, Eu Sem Fronteiras

Imagens: Dhyogo Oliveira, Milenar, Utopia mais selvagem, OnMilwaukee



Inspirado no Post: Se Quiser Ver o Original

Check Also

Obesidade infantil: repto de pais e filhos – Opiniões

Flvia Coimbra Vice-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia – Regional Minas Gerais (Sbem-MG) …