Home / Celebridades / Seis meses em seguida denúncia, Nego do Borel é indiciado por lesão corporal contra ex · Notícias da TV

Seis meses em seguida denúncia, Nego do Borel é indiciado por lesão corporal contra ex · Notícias da TV

Leno Maycon Viana Gomes, espargido porquê Nego do Borel foi indiciado pela Polícia Social do Rio de Janeiro pelo transgressão de lesão corporal contra sua ex-namorada, Swellen Sauer. Ela foi assessora de prensa do cantor de 29 anos no início da curso dele, quando os dois também tiveram um relacionamento. Em janeiro, um jornalista o denunciou por tentativa de feminicídio e relatou que o funkeiro tentou enforcá-la com um carregador de celular em 2013. O músico alega inocência.

Ao Noticias da tv, a Polícia Social confirmou o curso da investigação contra o compositor. “De harmonia com a Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, o músico foi indiciado pelo transgressão de lesão corporal na forma da Lei Maria da Penha”, informou em transmitido.

No início do ano, Swellen foi às redes sociais desoprimir sobre o ex-namorado. Ela decidiu expor seu caso em seguida relatos de Duda Reis sobre o conturbado namoro com o também ator –ele integrou o elenco de Malhação – Seu Lugar no Mundo (2015).

Swellen Sauer em entrevista para o Fantástico em janeiro (Foto: Reprodução / Orbe)

Em janeiro, Duda registrou dois boletins de ocorrência contra o artista. Ela contou que viveu uma relação abusiva com ele, com correção, agressão e estupro.

Diante das denúncias, Swellen publicou um longo texto em seu Facebook sobre o que viveu quando foi namorada do músico. Ela disse que foi agredida pelo cantor com um soco na costela e que ele havia tentado enforcá-la na era em que se relacionavam. A jornalista também foi à prensa para falar sobre o tema. Em entrevista ao Fantástico, da Orbe, ela deu detalhes da agressão que diz ter sofrido.

“Ele ficou com ciúmes, veio detrás de mim falando e reclamando. Ele estava com um carregador de celular na mão. Ele me encostou na parede e colocou o carregador [no pescoço]. Na hora, você não realiza muito o que está acontecendo. Até que senti que faltou o ar “, detalhou. Segundo ela, duas pessoas testemunharam o traje.

Na ocasião, Borel negou as acusações. “Não aconteceu isso. Não entendo por que ela fala que a enforquei e deixei sem ar, e dei um soco na costela dela. E ela não fez nenhum registro na delegacia. Ela tinha que ter feito. Isso é o notório”, rebateu.

Seis meses em seguida a queixa formal, o caso seguirá investigado porquê violência doméstica. Com a confirmação do indiciamento do cantor, o Noticias da tv Inclui a assessoria jurídica do funkeiro. Elizabeth Medeiros, advogada responsável, emitiu um transmitido informando que resguardo e cliente estão confiantes na solução do caso, pois o artista é puro. Leia a íntegra:

“O cantor Nego do Borel através da sua assessoria jurídica, comunica que
estamos aguardando a sintoma do Ministério Público sobre a investigação, que vem sendo noticiado na mídia ao logo dessa quarta-feira.

Porém recebemos o indiciamento do Leno Maycon com tranquilidade e confiamos plenamente na sua inocência e consequentemente na Justiça. “

Swellen e sua resguardo também foram contatados, mas não retornaram até o fechamento deste texto.

Veja relato de Swellen Sauer sobre Nego do Borel:



Inspirado no Post: Se Quiser Ver o Original

Check Also

Pressionada, Orbe coloca Caldeirão do Huck no lugar do Domingão do Faustão · Notícias da TV

A Orbe decidiu manter o uso da marca Caldeirão do Huck mal Luciano Huck estrear …