Home / Estilo de Vida / Tribuna do Setentrião – Preserve Pipa quer solidar uma região do Litoral Sul do RN porquê tramontana LGBTQIA +

Tribuna do Setentrião – Preserve Pipa quer solidar uma região do Litoral Sul do RN porquê tramontana LGBTQIA +

O movimento Preserve Pipa, um dos responsáveis ​​pela promoção e divulgação do tramontana Pipa, localizada no Rio Grande do Setentrião, é o mais novo associado a IGLTA (International LGBTQ + Travel Association), uma das mais importantes associações internacionais de turismo LGBT + do mundo, presente em mais de 80 países. A participação do Preservar porquê membro, solidar a região porquê tramontana gay friendly, levar pela acolhida respeitosa e segura para o público LGBT +.

O turismo LGBT + tem movimentado o mercado de viagens no Brasil e no mundo. É cada vez mais generalidade encontrar pacotes especiais para esse público, que procura destinos e serviços que os abracem sem preconceitos, com muita segurança e leis específicos para prometer uma boa estadia. Essas são as características mais importantes na avaliação desse grupo, imprescindível no planejamento e realização de sua viagem, pois para as pessoas LGBT + é uma questão de vitalidade.

Nesse contexto, o Rio Grande do Setentrião se destaca. Desde agosto de 2020 o estado deu mais um passo na resguardo dos direitos da população LGBT + com a sanção da Lei N ° 10.761, que reconhece a urgência de combater a discriminação por orientação sexual e de gênero. A mesma, torna obrigatória a afixação de edital contendo o texto: “Discriminação por orientação sexual e identidade de gênero é ilícito e acarreta multa – Lei Estadual nº 9.036 / 2007”.

Créditos: Divulgação / FotografosPipaMovimento de empresários se associados a IGLTA, mais importante associação internacional de turismo LGBT +Movimento de empresários se associados a IGLTA, mais importante associação internacional de turismo LGBT +

Os cartazes estão afixados em hotéis, motéis, pensões, pousadas e outros meios que prestem serviços de hospedagem, além de restaurantes, bares, lanchonetes, noturnas e muito mais. Eles representam o saudação pelo público LGBT + e oferece garantia de um tratamento igualitário e respeitoso para esses visitantes.

Toda a região formada por Tibau do Sul, Praia da Pipa e Sibaúma, que é representada pela Preserve Pipa, participa desse movimento com vistas a se solidar porquê um tramontana que apoia e promove a variedade. O envolvente cosmopolita, praiano e livre de preconceitos é inclusivo, respeitoso e aconchegante para todos que o visitam naturalmente. Os esforços em prol desse reconhecimento mundial vem para se somar a uma verdade já existente.

Os elementos e serviços associados ao Preservar Pipa adotaram, além dos cartazes obrigatórios por lei, o selo do movimento nas cores da bandeira gay, que faz menção ao sarapintado do arco-íris. Com isso, fica ainda mais fácil identificar os serviços que apoiam o turismo LGBT + e se comprometem a oferecer serviços de primazia para a comunidade.

O visitante LGBT + também possui interesses diferentes. Há os 60+, os que viajam em família, os que preferem curtir as festas e praias, cada um com um palato específico. Pipa e região, um pouco de tudo promovendo uma experiência de viagem diferenciada para os seus visitantes. Mais que uma praia, um estilo de vida que inclui paisagens exuberantes, hotéis de primeira risca, restaurantes com sabores de todo o mundo, passeios inéditos, vida noturna movimentada e um contato com a natureza sem igual.

Há hospedagens para todos os gostos e bolsos. Os hotéis e pousadas da Pipa conduzem uma risca integrada com a natureza, não só na sua ambientação, mas nas práticas sustentáveis ​​que são adotadas em prol da preservação do tramontana. Quartos individuais, chalés ou bangalôs. Dos mais modernos aos mais rústicos, a variedade é enorme.

Os resultados são um delícia para quem governanta a culinária praiana. Frutos do mar em exuberância, peixes frescos e deliciosas criações autorais. Mas se engana quem pensa que para aí. Cosmopolita porquê ela só, Pipa possui sabores do mundo. As culinárias mexicana, italiana, peruana, argentina, entre muitas outras também se referissem nesse paraíso.

Passeios na chuva de navio, lancha, catamarã, a experiência de surfar na Praia do Madeiro, eleita uma das mais bonitas da América do Sul, praticar stand up paddle ou caiaque circunvalado de golfinhos, não tem preço. Passeios na terreno ou no ar, de quadriciclo, jipe, buggy, voo de parapente ou até mesmo se aventurar num volta de arvorismo, pela despensa das árvores. A região da Praia da Pipa oferece momentos inesquecíveis.

À noite, cosmético pela Avenida Praia dos Golfinhos, a rua principal, coração da Pipa. Uma infinidade de opções para reduzir irá se apresentar. Os estilos de música são os mais diferenciados: tango, cumbia, samba, pagode, reggae, música eletrônica. Em cada esquina uma tribo dissemelhante se encontra para curtir porquê famosas noites de sarau da praia.

Com toda essa variedade, a Praia da Pipa, seus componentes, serviços e belezas naturais estão de braços abertos e qualificados o turista LGBT + para realizar uma viagem dos sonhos, prezando sempre pela segurança, hospitalidade e em proporcionar as melhores experiências.

Inspirado no Post: Se Quiser Ver o Original

Check Also

Outback presenteia o ‘melhor colega cínico’ com coleira exclusiva em ação privativo

Se existe uma amizade que muito se fortaleceu no último ano foi a de humanos …